Empoderamento Feminino: 4 momentos da melhor viagem da minha vida!

Difícil contar em pouco espaço sobre a minha experiência de voluntariado global. Mais difícil não me emocionar ao dizer tudo isso. Eu escolhi ir para o Peru por um motivo: queria me reconectar com a vida depois de ter passado por duas perdas muito impactantes.

Já tinha ouvido falar sobre a energia maravilhosa que o país possui. Trabalhei na Aiesec em Curitiba e nessa época me apaixonei  pelo Projeto Empower, sabia que uma hora ou outra acabaria fazendo.

Senti que o momento era aquele mesmo, e fui. Fui com o objeto de impactar vidas e no final a mais impactada fui eu. Trabalhei com crianças em uma ONG e com um grupo de mães em outra. Toda essa energia incrível e o amor que eu recebi me fizeram repensar muita coisa.

Percebi que por mais que a vida tire muitas coisas de nós, ela nos dá muito também. A vida vale a pena ser vivida com propósito. Tenho uma gratidão sem tamanho pela chance incrível de doar e receber. Já tinha feito um intercâmbio antes, mas essa foi, sem dúvidas, a viagem da minha vida! Foi tudo muito intenso. Seria maravilhoso falar de cada acontecimento, mas vou listar os melhores momentos:

1- Eu fui o Papai Noel da minha ONG!

Esse foi sem dúvida o melhor momento. O meu projeto era sobre de empoderamento feminino e igualdade de gênero. Todos os dias eu falava e falava sobre o assunto, e dava milhares de exemplos. Mas que melhor forma de mostrar que as meninas podem ser o que querem, até mesmo o Papai Noel? Sendo o Papai Noel!  Foi muito divertido e as crianças curtiram muito! Fiquei mais próxima, especialmente das meninas. O momento divertido fez com que elas baixassem um pouco a guarda. Depois disso começaram a falar mais abertamente as coisas para mim!

2- Festa do Pijama do Empoderamento*

Depois do Natal, todos os dias as meninas faziam trancinhas em mim. Passei maquiagem em algumas e depois disso todos os dias elas pediam. Resultado: resolvi fazer uma noite do pijama só com as meninas. A programação teve direito a filmes que tinham mensagens bacanas de empoderamento, incluindo o queridinho Frozen. Depois discutimos o que rolava na história e o que podiamos aprender com aquilo. Além disso, organizamos um momento de beleza e fizemos um desfile. Teve até som alto, pipoca, pizza e brigadeiro.  Nunca vou esquecer. O melhor, todas as meninas ficaram mais unidas depois desse dia.

3- Projeto da última semana

Na minha última semana fiz um trabalho de empoderamento em uma ONG que recebia mães vítimas de abuso, chamada Juana de Aza. Aqui no Brasil eu tenho um projeto de apoio às vítimas de abuso sexual chamado “Projeto Pra Salvar Seu Coração”, e nele também trabalhamos com mães. Essa experiência em especial foi muito enriquecedor para mim. Tanto para a  psicóloga que serei em breve, quanto para a Vanessa mulher! Apesar do pouco tempo consegui me aproximar muito das pessoas, foi espetacular.

4- Viagens e amigos

 

Vanessa viajando

Viajei sozinha por uma semana depois do fim dos projetos. Tinha chegado a minha hora de me empoderar ainda mais! Fiz tanto amigo pelo Peru que só precisei de hostel em Arequipa! Tanto em Ica quanto Lima fiquei na casa de pessoas da AIESEC! Uma das maiores amigas que fiz foi a vice presidente de um dos escritórios de Lima. Ela pretende vir para o Brasil e quem será que já está na fila para ser Host dela?

Nada do que eu conte vai explicar bem o que eu senti. Só tenho a agradecer por tudo e dizer para você que está lendo: se joga e clique aqui pra se inscrever.

Cynthia Salomé

Conheça mais sobre as comidas típicas peruanas

Se você ama culinária e está pensando num destino de intercâmbio pela América Latina, não vai pensar duas vezes em escolher o Peru. O lar das lhamas e antiguidades da humanidade possui, além dos sítios arqueológicos e paisagens naturais, um tanto de comida gostosa pra você experimentar. Inclusive, a culinária típica peruana está classificada para alguns experts como uma das melhores do mundo.

Conheça alguns pratos:

Salgados:

Pollo a la brasa

Se você gosta de frango bem temperadinho vai adorar um dos pratos mais populares no Peru. Trata-se de uma carne de frango marinada (técnica em que se coloca a carne de molho no tempero) e cozida no calor do carvão. O pollo a la brasa tem o preço acessível e é fácil de encontrar. Iinclusive, existem lugares próprios para a venda desse alimento, os chamados “Pollerias”.

Ceviche peruano

O Ceviche peruano é o prato mais famoso dessa culinária, sendo considerado até um patrimônio cultural do país. Seu modo de preparo depende um pouco de cada região e do peixe escolhido. A receita consiste em peixe marinado no limão (peruano) com sal, cebola roxa, ají limo (pimenta) e outros. Algumas pessoas consideram o Ceviche afrodisíaco.

Ají de Galinha

É um prato simples, porém bastante saboroso e picante. A receita é composta por ingredientes espanhóis e de povos indígenas da América do Sul. O frango é desfiado e misturado com uma preparação simples a base de caldo, ají, leite e pão. Costuma ser servido com acompanhamentos como batatas, ovo cozido e azeitonas.

Doces:

Tres Leches

Essa receita é ótima para quem gosta de sobremesas mais “molhadas”. Trata-se de um bolo cremoso  feito com três tipos de leite: leite condensado, leite evaporado (com cerca de 60% a menos de água) e creme de leite.

Suspiro de Limeña

O nome dessa sobremesa veio do poeta peruano José Galvez Barrenechea que dizia que a receita preparada por sua esposa era “suave e doce como o suspiro de uma mulher”. A receita é feita de camadas de manjar blanco (feito com leite condensado e açúcar) e de merengue (feito com açúcar, ovos e um pouco de vinho).

Turrón de Doña Pepa

Esse doce colorido e tradicional é feito e comercializado normalmente em Outubro nas cidades peruanas, na época da festa do Senhor dos Milagres. Ela é feita de uma massa distribuída em fileiras, banhada em mel de açúcar e decorada com confetes e doces de várias formas e cores.

Ficou com vontade de provar um pouquinho de cada?

Faça seu intercâmbio no Peru!

Clique AQUI e saiba mais

Os 5 países mais baratos para se fazer intercâmbio pela AIESEC

Para fazer um intercâmbio é preciso se planejar bem, se organizar e saber administrar seu dinheiro. Juntando uma graninha, não tão alta quanto você imagina, dá pra garantir uma experiência incrível e que pode te ajudar a se desenvolver tanto profissionalmente quanto pessoalmente. Está querendo viver essa aventura, porém não pode desembolsar muito? Veja alguns países que possuem um custo de vida mais baixo e que a AIESEC pode te levar:

1- Índia

Por se tratar de um país com a economia em desenvolvimento, a Índia é um lugar em que não se gasta tanto dinheiro para se viver. Segundo o site Megacurioso o valor dos aluguéis são  95,2% mais baixos que no Brasil e o custo de alimentação 74,4%. Aproveite para conhecer esse país colorido e conhecer templos hinduístas super legais.

2- Egito

Ir para o Egito é uma vivência única e de grande impacto cultural. O país é marcado pela presença de diversos lugares históricos e belezas naturais. De acordo com o portal Nômades Digitais, vivendo no Cairo você tem um custo de vida 42% menor do que em São Paulo.

3- Peru

Viver por uns tempos na terra das Lhamas e dos mistérios da humanidade pode ser bem legal.  O país já traz alguma facilidade por ser perto do Brasil e seu custo de vida chega a ser 15% do que em São Paulo.

4- Colômbia

Pronto pra treinar o Espanhol e dançar um Reggaeton? A Colômbia é um destino incrível e que oferece vários agitos pra você. Viver lá também não exige um alto custo, sendo mais ou menos 23% mais barato que em São Paulo.

5- Panamá

O Panamá é um ótimo lugar pra quem quer economia. Segundo a Economist Intelligence Unit, a capital Cidade do Panamá está na 124ª posição das 131 cidades do mundo em termos de menores custos de vida.  Que tal curtir o sol nascendo num oceano e se pondo em outro?

Observação: Lembrando que esses países foram escolhidos devido ao baixo custo de vida no local. O preço de passagens aéreas podem deixar a viagem um pouco mais cara. Por isso, pesquise bastante antes 🙂

E aí, curtiu? Que tal se inscrever para fazer um intercâmbio? Veja mais AQUI.

Cidadão Global: Destinos – América Latina

Nossa primeira parada nos destinos do programa Cidadão Global é a América Latina. Ainda não conhece bem o projeto? A gente te explica rapidinho. Essa iniciativa é uma oportunidade de jovens realizarem ações sociais em diversos lugares do mundo, aproveitando para viver uma incrível experiência pessoal, conviver com outras culturas e desenvolver uma nova língua. Acompanhe nosso blog e descubra mais sobre esses lugares incríveis!

Mais detalhes AQUI 

América Latina

Está afim de uma experiência de intercâmbio diferente, né? Então contamos pra você coisas maravilhosas de alguns dos nossos principais destinos do intercâmbio social. Além de realizar um trabalho voluntário e ajudar o próximo, você pode aproveitar para “turistar” e conhecer mais sobre o destino escolhido.Veja:

Colômbia

Não só de Shakira se faz a Colômbia.

Muito menos de drogas, já que é uma imagem bem comum que temos, assim como o Brasil com “bunda, carnaval e futebol”. Os conflitos entre as FARC e o governo colombiano já foram resolvidos há anos e os problemas com a violência são os mesmos de qualquer país latino. A Colômbia é um país de cultura riquíssima com lugares lindos e pessoas receptivas. Além disso, pra quem curte dançar, existem  ritmos bem fortes como reggaeton e a bachata. Quanto às comidas típicas temos pratos como: arroz de coco (feito com leite de coco), patacones (pedacinhos fritos e crocantes de banana da terra) e bandeja paisa (melhor ver a imagem):

Confira um depoimento de alguém que foi pra lá pela AIESEC

México

Não só de novela se faz o México.

Como não gostar do país que originou o chocolate? Na verdade, é que o povo indígena que começou a cultivar o cacau estava lá por aquelas regiões. E, por falar em delícias, não temos nem palavras para aquela culinária, né? Burritos, tacos, guacamole… Além disso, o país oferece um conhecimento histórico super legal através de suas ruínas de civilizações antigas. Explore as praias mexicanas, que são maravilhosas, e cuidado com a tequila!

Confira várias curiosidades sobre o México

Costa Rica

Não só de Mar do Caribe se faz a Costa Rica.

Pense em deslumbrantes paisagens. Pois é, a Costa Rica garante isso. Lá é pequenininho e você praticamente cruza o país de carro. A biodiversidade é bem rica também. As comidas típicas são fortes, inclusive no café da manhã, como o Gallo Pinto. Ele é preparado com uma “misturada” de coisa, mas a base é o arroz e o feijão.

Veja mais curiosidades sobre a Costa Rica

Argentina

Não só de rivalidade no futebol se faz a Argentina.

São poucas horas de viagem que nos separam dos hermanos. Não sei se é vingança pelo futebol, mas a Argentina quer nos deixar gordos: maravilhosos churrascos, alfajores e vinhos.

Porém, é possível também fazer bastante atividades de exploração da natureza e esporte. Prepare seu portunhol e se aventure por lá!

Veja o depoimento de uma intercambista que foi para a Argentina

Peru

Não só de Lhamas se faz o Peru.

O berço das civilizações da América, lar das Lhamas, flautas andinas e ponchos é um país cheio de mistérios para serem desvendados! O Peru é nosso vizinho, fazendo fronteira dividindo a floresta amazônica e muitas paisagens naturais super bonitas. Além disso, possui uma cultura bem diversa. Você vai encontrar artesanato, música, museus e dança por algumas cidades.

7 motivos para conhecer o Peru

Ok. Pode ser que muitos desses tenham sido meio clichês. Porém, se você estiver disposto a fazer um intercâmbio, além de auxiliar uma comunidade, você poderá descobrir coisas novas sobre a cultura desses países. Ficou interessado? Saiba mais AQUI.