85d6132c-8b92-4575-8912-20c4fc1a0e1c

Por que se tornar um membro da AIESEC: Conheça a experiência da Danúbia, de Minas Gerais

  |  Postado por: AIESECo do Blog 21 de julho de 2017

Já imaginou inspirar jovens do mundo todo pela construção de um futuro melhor? A Danúbia Vilar, da AIESEC Viçosa, em Minas Gerais, não só imaginou, como se inscreveu e hoje faz parte de ações que motivam cidadãos de diversos países a dedicarem seu tempo em prol do desenvolvimento de cidades e pessoas, a partir dos programas da AIESEC. Conversamos com ela sobre como foi a decisão de participar da organização e quais são os principais ganhos de se tornar membro. Confira um pouco da vida e da experiência da Danúbia e descubra alguns dos benefícios de ser parte da AIESEC:

 

Conte um pouco sobre você

Sou do interior de Minas, estudo publicidade e propaganda, sou DJ nas horas vagas. Curto muito fotografia e sou heavy user de redes sociais. Acredito nelas para criar um mundo mais conectado.

 

Como ficou sabendo da AIESEC e por que tentou entrar?

Fiquei sabendo da AIESEC pelas redes sociais há uns cinco anos, quando o escritório da minha cidade abriu um processo seletivo. Fiquei curiosa por ser uma organização formada por jovens e com objetivos muito humanitários; eu me identificava por já ter um envolvimento de longa data com o Movimento Escoteiro, e sentia falta de trabalhar em prol de algo maior.

O que você mais gosta de fazer na AIESEC?

Hoje eu atuo na área de divulgação do intercâmbio voluntário e gostou muito, mesmo! Também sou parte do time nacional responsável pelas mídias sociais. Juntando as duas coisas, buscar passar a mensagem da AIESEC de forma objetiva e eficiente é um desafio maravilhoso. Aprendo muito enquanto faço e amo qualquer momento que eu passe conhecendo mais de quem trabalha comigo. Adoro a importância que a organização dá pra essa união e acho que as empresas em geral teriam muito mais sucesso se trabalhassem assim.

O que você desenvolveu no seu período dentro da AIESEC?

No meu período na AIESEC, percebi pontos da minha personalidade, tanto positivos quanto negativos, que eu nunca havia reconhecido. Se conhecer abre muitas portas: desenvolvi muito a minha segurança e a confiança em mim mesma e percebi que sou capaz de desenvolver minhas potencialidades muito além do que eu imaginava. A AIESEC te faz perceber que todos somos capazes de qualquer coisa. O trabalho em equipe por um objetivo em comum também é algo que valorizo muito e vivencio todos os dias na rotina da organização. Saber que você pode, sim, contar com outras pessoas para realizar um trabalho melhor.

 

A AIESEC também proporciona uma experiência organizacional difícil de encontrar no ambiente universitário; vivenciar realidades do mundo todo, lidar com problemas muito além do que você imaginava, muito fora da sua bolha, muda a sua perspectiva de vida. Além disso, desenvolver e colocar em prática sua liderança com equipes e experimentar cargos diferentes, tudo isso faz com que essa seja uma experiência extremamente única e enriquecedora.

Como você acredita que a organização impactou sua vida?

A AIESEC agregou demais no meu autoconhecimento e na minha percepção quanto aos meus problemas. Quando conheço outras realidades, seja no mundo todo ou das pessoas e histórias que conheço sendo parte da organização, meus problemas do dia a dia parecem bem menores e simples. Me volto muito mais para a solução deles ao invés de martirizar meus pensamentos sem motivo. Também, ter um propósito humanitário me proporcionou encarar a vida com mais positividade e a ter mais fé nas pessoas.

 

O impacto na minha vida é muito claro para mim: me tornei uma pessoa muito mais focada nas soluções dos problemas que eu encaro, seja no ambiente profissional ou pessoal. Desenvolvi muito mais empatia, compreensão e hoje compreendo muito melhor uma realidade diferente da minha. O sentimento de pertencimento e união por um bem maior também fez maravilhas para minha saúde mental. Hoje, sei que tenho valores e objetivos claros na minha vida.

 

O que você faz na AIESEC agrega para a profissão que você quer seguir?

Muito e vice-versa. Já trabalho com comunicação há alguns anos, mas a experiência adquirida na AIESEC, tanto pela forma de trabalho quanto pelo alcance mundial é muito enriquecedor. Indico pra qualquer pessoa, de qualquer área, vivenciar essa experiência. É muito importante para mim gostar do trabalho que eu faço e achei essa satisfação na AIESEC. Eu adoro pensar em grupos, debater idéias, então amo as reuniões e chats de time para discutir estratégias e planejar ações futuras.

 

Tenho certeza que, ao sair da AIESEC, vou levar a liderança que desenvolvi, os aprendizados profissionais e a empatia por outras pessoas. E principalmente a sensação de ter deixado o mundo um pouquinho melhor do que eu encontrei.

 

Acredito que a pluralidade é a maior riqueza que temos enquanto seres humanos. Que cada pessoa tem algo a ensinar pra qualquer pessoa. Que o caminho para a paz mundial é desenvolver liderança nos jovens que serão as vozes de amanhã, e quero colaborar cada dia mais para esse movimento que desenvolve liderança todos os dias, não só pra quem tem a experiência no nosso intercâmbio, mas para quem torna esse processo possível e tão funcional: os membros.

Gostou dos depoimentos da Danúbia e quer saber mais sobre como funcionam os processos seletivos da AIESEC? A organização está com vagas abertas para membros em diversas cidades do Brasil. Entre em contato e venha fazer parte da construção do futuro!

Leia também:

O que você fez pela primeira vez no seu intercâmbio?
Cidadão Global: Destinos - África
México: os destinos perfeitos pra você que gosta de...
Categoria: Sem categoria

Deixe um comentário

*



Somos a maior organização de estudantes do planeta, reconhecida pela Unesco. A AIESEC é uma rede global formada por jovens universitários e recém-graduados, que, por meio do trabalho dentro da organização e de intercâmbios profissionais, estimula a descoberta e o desenvolvimento do potencial de liderança de seus membros.