5 motivos para parar de adiar seu intercâmbio para a Argentina

Já pensou em ir para a Argentina? Está com aquela viagenzinha programada já? Bom, o que você ta esperando para ir logo para lá? A Argentina é um país incrível e tenho certeza que você vai amar.

Como eu tenho certeza?

Aqui estão alguns dos motivos…

 

  • Você vai gostar tanto da comida de lá que não vai nem querer voltar.

 

Principalmente se você come carne. Os argentinos são conhecidos mundialmente pela sua carne bovina de alta qualidade e a fartura de seus churrascos. Assado de carne bovina, picada criolla, locro, choripán, bife de chorizo e empanadas de carne são só alguns dos exemplos de pratos típicos de deixam qualquer conhecedor com água na boca. Alguns desses pratos também tem algumas variaçõesdependendo da região que você for, então você vai precisar conhecer todas para ver qual gosta mais. E depois de um belo churrasco, o que tem de sobremesa? Dulce de leche, meu amigo. A Argentina é o país de origem do doce de leite então é onde você consegue achar a melhor qualidade do doce. Ah, além disso, o sorvete de doce de leite do Freddo original é o mais perto que o ser humano já chegou da

 perfeição.

 

  1. Quando você aprender as danças típicas nunca mais vai conseguir parar de dançar.

A mais conhecida de todas é o Tango, uma dança tradicional que define muito o espírito argentino. O Tango começou em La Boca nadécada de 1880 e tem influências africanas e européias. A dança é inteiramente dramática e muito bonita, mas é extremamente difícil de aprender. Se você conseguir aprender, garanto que não vai mais querer parar. A Argentina é um país extremamente poético e além do Tango, tem diversas outras danças típicas como Malambo, Cumbia, Chacarera, Zamba, Murga e Cuarteto. Cada uma tem suas características e encantos específicos e você pode aprender mais sobre no país de origem delas.

 

  1. A rivalidade no futebol entre o Brasil e os nossos hermanos vai te afetar.

De duas uma: ou você vai passar a achar fútil a rivalidade entre Brasil e Argentina no futebol, ou vai se sentir mais brasileiro do que nunca e defender nosso futebol a todo custo. Assim como o brasileiro, o povo argentino tem uma cultura forte de torcer no futebol e a rivalidade no esporte entre os dois países não é novidade. Quando os argentinos descobrem que você é brasileiro, a primeiro reação da maioria é de falar que Messi é muito melhor que Neymar, ou que Pelé nunca vai se comparar a Maradona. Mas ta tudo bem, é tudo na brincadeira e no final todo mundo fica feliz dividindo um prato de empanadas e uma garrafa de Quilmes.

 

  1. A Argentina vai te apresentar a Siesta, e você nunca mais vai conseguir viver sem ela.

Ah, a siesta. Essa é uma tradição vinda da Espanha e adotada pelos argentinos e alguns países latino-americanos. A siesta é o nome dado ao conceito que significa, literalmente, sonequinha pós-almoço. Isso mesmo, meus amigos. A Argentina tem uma tradição inteira só para aquela dormida no horário da tarde. E eles levam a sério mesmo! Na cidade de Puerto Iguazu, todos os comércios fecham na hora do almoço e só voltam funcionar as 16hrs, quando a galera termina a siesta.

 

  1. Tem tanta coisa legal que você pode fazer, que vai ter que prolongar a viagem e ficar um pouco mais.

Você pode, por exemplo, visitar a geleira de Perito Moreno, a Fóz do Iguaçu, o Parque Nacional das Geleiras, visitar La Boca, um bairro altamente conhecido pelos restaurantes de crane, as casas com cores vibrantes, os artistas de ruas e outros encantos, a Casa Rosada, a Plaza de Mayo, a cachoeira da Garganta do Diabo, e muito mais. Enfim, eu poderia falar para sempre sobre todas as atrações da Argentina. Mas a melhor coisa é poder vivenciar por si próprio, não é mesmo?

 Resumindo, pare de adiar sua viagem! Pensando bem, acho que você deveria prolongar ela ainda mais e ir o quanto antes para poder viver na pele essa cultura incrível e tudo que o país tem a oferecer. E que tal se você for visitar a Argentina enquanto ainda faz um trabalho voluntário? Inscreva-se em: bit.ly/meuintercambiovoluntario para saber mais!

Leia também:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *